Avenida Onze, 600 - Centro
Chapadão do Sul/MS

Telefone:
(67) 3562-6700

FGTS - Liberação de lucro do FGTS é aprovada

Publicado em 01 de agosto de 2019

Compartilhar

O Conselho de Administração da Caixa aprovou na tarde desta segunda-feira, 29, o balanço de 2018 do FGTS que registrou lucro de R$ 12,2 bilhões. O valor será distribuído aos cotistas até 31 de agosto. 

O valor a ser distribuído faz parte das demonstrações contábeis do ano passado apresentadas pela Caixa Econômica Federal ao Conselho Curador do FGTS.  

De acordo com a medida provisória publicada pelo governo, o valor deve ser integralmente distribuído aos cotistas do fundo de forma proporcional ao saldo de cada conta.

Quem pode receber

todas as contas que tinham saldo disponível em 31 de dezembro de 2018 terão direito a receber o recurso. A distribuição será proporcional ao saldo de cada conta e deve ocorrer até 31 de agosto. 

O rendimento estimado para este ano pela equipe econômica é de 6,18%. Pelos cálculos do ex-ministro do Planejamento Dyogo Oliveira, para cada mil reais aplicados no FGTS, serão pagos R$ 32 como distribuição de lucro. “Esse dado somado ao rendimento básico de R$ 30, resultará em um total de R$ 62”, explicou.

Distribuição dos lucros

O FGTS passou a distribuir seus resultados aos cotistas em 2017, durante o governo Temer. Na época, foi fixado um percentual de 50%. No entanto, na última semana, o governo elevou a distribuição para 100%.

Ao distribuir os recursos, a medida aumenta a rentabilidade das contas do FGTS. Segundo integrantes do Conselho Curador do FGTS, a remuneração final para os cotistas será superior ao rendimento na poupança. Isso porque a poupança rende 70% da taxa de juros – 4,55% ao ano, com a Selic em 6,5% – e, o FGTS, 3% ao ano. Mas, com a distribuição dos lucros, espera-se que o rendimento suba a quase 5%.

Funcionamento dos bancos

A Caixa está se preparando para abrir agências aos fins de semana para atender a demanda dos clientes sobre o pagamento de até R$ 500, que o governo anunciou para este ano. 

Cerca de 100 milhões de trabalhadores serão contemplados com a liberação dos saques. As retiradas podem ser feitas em contas ativas e inativas. Elas serão feitas de setembro de 2019 a março de 2020. 

Quem tem conta poupança vai receber os recursos da conta do FGTS de forma automática. Se o cliente não quiser o dinheiro, terá que solicitar à Caixa o retorno. O banco detalhará na próxima semana o calendário de atendimento, bem como outros detalhes ligados a critérios e forma de saque.

Voltar a listagem de notícias

Formulário de Contato

Entre em contato conosco para esclarecer suas dúvidas

Entre em contato

Avenida Onze, 600 - Centro

Chapadão do Sul/MS

CEP: 79560-000

(67) 3562-6700

picolotto@picolotto.com.br

Localização

Desenvolvido por Sitecontabil 2018 | Todos os direitos reservados